Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Futebol Internacional

- . |

Futebol Internacional

Americanos podem nos ensinar sobre apostas e esportes

Qualquer pessoa que veja os jogos da NFL (liga de futebol americano dos Estados Unidos) e a NBA (liga norte-americana de basquete) sabe que os americanos são soberanos ao organizar um evento esportivo. Mas agora eles podem ensinar outra lição que nós brasileiros devemos aprender.
Em maio deste ano, a Suprema Corte dos Estados Unidos permitiu que os estados decidissem se seria permitido apostar em eventos esportivos, inclusive nas ligas profissionais mais populares, como as duas citadas e a MLB (beisebol) e NHL (hóquei). Logo vários estados disseram que topariam e vão começar a expedir licenças.
Anteriormente essas apostas só podiam ser feitas em Las Vegas ou à margem da lei, algo que movimentava milhões mas abria espaço para fraudes, não-pagamento de impostos e até manipulação de resultados.
Os comissários dessas ligas – figuras fortes que se equivalem ao Presidente da CBF, por exemplo – eram reticentes quanto a essa liberação, mas um argumento central convenceu a maioria deles: o dinheiro envolvido e a chance de deixar tudo às claras, já que as apostas aconteciam de qualquer forma.
As casas de apostas, que muitas vezes também oferecem um casino online, podem patrocinar eventos e inclusive negociar exclusividades com essas ligas, assim como existem direitos televisivos. E isso pode injetar milhões e milhões nas ligas.
Isso já acontece de certa forma no Reino Unido, onde as apostas são muito tradicionais e até o governo expede licenças para casinos online do mundo inteiro. Vários times têm casas de apostas como patrocinadores.
E no Brasil? Pois bem, aqui que fica complicado. A operação de casas de apostas e casinos online é feita sem problemas, aceitando contas de jogadores do Brasil e até métodos de pagamento como transferência bancária para grandes bancos e pagamento de boletos.
E várias casas de apostas também patrocinam eventos como o Campeonato Brasileiro e o Campeonato Paulista, além de terem anúncios na televisão e outros meios de grande alcance.
Mas como todos sabem, existe uma Lei do Jogo que é bastante restritiva com qualquer tipo de operação física. Esse vazio legal se deve ao fato que a legislação é dos anos 1940 e não versava sobre a internet. Um projeto de lei para regulamentar o jogo está no Congresso Nacional, mas seu andamento é muito lento.
Se bem feito – o que é difícil, devido à falta de qualidade de nossos políticos, para dizer o mínimo – as apostas e casinos online podem trazer dinheiro para os cofres públicos em impostos, garantir maior segurança jurídica a todos os envolvidos e até ajudar na geração de empregos.
Em Portugal uma nova legislação foi criada e teve esse retorno. Muitos casinos online e casas de apostas ainda buscam se adaptar às novas regras para conseguir essa licença, por isso, esse exemplo de nosso país-irmão pode servir perfeitamente para vermos o que dá certo e o que não dá.
Mesma coisa nos Estados Unidos, que sempre apresentam a visão mais financeiramente acertada. A primeira ideia que eles tiveram seria cobrar um “imposto”, que seria revertido às franquias, sobre cada aposta feita que se referia aos esportes.
Isso dificilmente acontecerá, já que estaríamos falando de somas absurdas. Porém a venda de exclusividade e contratos de patrocínio pode ser ideal. Sempre deixado às claras para impedir jogos de interesse e manipulação de resultados.
No Brasil esse cuidado teria que ser ainda maior. E a regulamentação teria que ser clara, com um órgão regulador que fosse transparente.
Sim, pode parecer um sonho todos esses fatores. Porém, com o dinheiro que pode vir de toda essa movimentação para deixar o mundo das apostas mais claro e proveitoso para todos os lados, seria interessante forçar o assunto e colocar pessoas de comprovada competência e índole no comando das negociações.
Fonte: https://www.conjur.com.br/2018-mai-14/suprema-corte-legaliza-apostas-esportivas-estados-unidos

MAIS NOTICIAS - FUTEBOL INTERNACIONAL

Request A Bet on football