Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Atlético-MG

- Site oficial do Atlético-MG |

Brasileirão Série A | Atlético-MG

Atlético-MG: Oswaldo de Oliveira confirma Yago como titular

Atlético-MG: Oswaldo de Oliveira confirma Yago como titular
Foto: Site oficial do Atlético-MG

O volante Yago foi confirmado pelo técnico Oswaldo de Oliveira como o mais novo titular do meio-campo atleticano. Com atuações seguras, o jovem atleta conquistou a confiança da torcida e do treinador.
“Antes de falar do Yago, quero abrir um parênteses e falar do Adilson, que é um jogador mais experiente e que vinha jogando nessa posição. Já falei isso duas vezes e vou falar uma terceira porque preciso reforçar isso, até em homenagem ao jogador. O Adilson vinha jogando há muito tempo na Europa, acostumado a jogar 30 jogos por ano, chegou aqui e já passou do 50º. Ele tem tido uma recuperação bem difícil entre os jogos. Inclusive, sofreu uma contusão por causa disso e, realmente, ainda não conseguiu se recondicionar, readquirir a melhor forma. Isso acabou abrindo espaço para o Yago, desde o jogo contra o Cruzeiro”, comentou Oswaldo de Oliveira.
“Eu não conhecia bem o Yago porque, no início do ano, quando ele se destacou em alguma partidas no Campeonato Mineiro, eu não vi porque não estava no Brasil, trabalhei de janeiro a maio no Oriente Médio. Soube dos resultados, mas não vi. As referências eram muito boas, mas fui constatando isso no treinamento, vendo a facilidade que ele tem tanto de atacar quanto de defender, fazer infiltrações, fazer a leitura do jogo para encaixar nas coberturas. Isso tudo foi me dando confiança, ele agarrou a chance com unhas e dentes e, hoje, é o titular da equipe. Então, preciso fazer essa diferença. Não é demérito do Adilson, muito pelo contrário, é mérito do Yago”, acrescentou o comandante alvinegro.
Para Oswaldo de Oliveira, a partida deste domingo é, sim, especial para Yago.
“Não é só mais um jogo, não podemos considerar assim para um menino que está evoluindo a cada jogo e vencendo as etapas. Acho que foi um teste de fogo, na verdade, quando ele entrou no jogo contra o Cruzeiro, mas, depois, soube que ele havia passado por isso no Campeonato Mineiro. É um garoto que tem muita personalidade, muito confiante, atento, obediente e tenho certeza que fará, mais uma vez, uma grande partida”, destacou.

MAIS NOTICIAS - ATLÉTICO-MG