Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Libertadores

- Site oficial do Internacional |

Libertadores

Com a força do Gigante, Inter vence o Tigres

Com a força do Gigante, Inter vence o Tigres
Foto: Alexandre Lops/Site oficial do Internacional

O primeiro passo foi dado! O Internacional venceu o Tigres por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, com gols de D'Alessandro e Valdívia, e largou em vantagem na semifinal da Libertadores da América. Agora, o time colorado joga por qualquer empate para ficar com a vaga na grande final. O jogo de volta ocorre na próxima quarta (22/7), às 22h (horário de Brasília), em Monterrey, no México.
Começo avassalador
Sob atmosfera altamente favorável, com a torcida empurrando o time, o Inter impôs forte pressão sobre os mexicanos desde os primeiros movimentos da partida. E o começo não poderia ser melhor! Aos 4min, Nilmar interceptou a saída de bola do Tigres e serviu para D'Alessandro, livre de marcação, disparar uma bomba da entrada da área que acertou o cantinho de Guzmán. Golaço!!!
Mas o que era bom ficou ainda melhor. Aos 9min, Valdívia pegou a sobra na quina da grande e emendou de pé direito: a bola desviou no zagueiro e enconbriu o goleiro mexicano. Mais um gol de placa no Beira-Rio!!! O Inter fazia 2 a 0 com menos de 10 minutos no cronômetro.
Mexicanos equilibram o jogo
Porém, em um lance isolado, o Tigres descontou aos 23min, em cabeceio de Ayala entrou no canto esquerdo. O gol deu confiança ao adversário, que começou a oferecer perigo. Aos 31min, Sobis invadiu a área e ficou cara a cara com Alisson, que fez defesa providencial. Aos 36min, Gignac fez grande jogada e, de dentro da área, soltou uma bomba. A estrela do goleiro colorado brilhou novamente e evitou o empate com outra defesa sensacional.
Retranca segura resultado
Sem modificações no time, o Inter voltou para o segundo tempo disposto a pressionar, mas encontrou dificuldades na finalização em virtude da retranca dos mexicanos. Aos 9min, Valdívia colocou a bola próxima à trave direita em cobrança de falta. Aos 11min, Ayala fez falta dura sobre Geferson, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Aos 28min, Lisandro López cabeceou e Guzmán defendeu. Pouco depois, Lisandro emendou uma bomba de longe e o goleiro fez uma defesa espetacular, espalmando para escanteio. O Colorado tentou o terceiro na base do abafa nos minutos finais, mas não consegiu furar a retranca do Tigres.
Ficha técnica:
Internacional (2): Alisson; William, Alan, Ernando e Geferson; Rodrigo Dourado, Aránguiz, D'Alessandro e Valdívia (Rafael Moura, aos 40min do 2º tempo); Lisandro López e Nilmar (Eduardo Sasha, aos 18min do 2º tempo). Técnico: Enrique Carreras (no lugar de Diego Aguirre, suspenso).
Tigres (1): Guzmán; Juninho, Ayala, Jiménez e José Torres; Arévalo, Pizarro, Damm (Briseño) e Aquino, Sobis (Lugo) e Gignac. Técnico: Ricardo Ferreti.
Gols: D'Alessandro (I), aos 4min do primeiro tempo, Valdívia (I), aos 9min do primeiro tempo, Ayala (T), aos 23min do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Jiménez, Ayala, Pizarro, Juninho (T); Geferson, Rodrigo Dourado (I). Expulsão: Ayala (T).
Público total: 44.884. Pagantes: 40.783. Menores: 1.204. Não pagantes: 2.897. Renda: R$ 2.381.190.
Arbitragem: José Argote, auxiliado por Jorge Urrego e Carlos Lopez (trio da Venezuela).
Local: Beira-Rio.

MAIS NOTICIAS - LIBERTADORES

A cartilha do rebaixamento

Duelo de gigantes