Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Campeonato Carioca

- Site oficial do Flamengo |

Campeonato Carioca

Com golaço de Rhodolfo, Flamengo vence Nova Iguaçu por 1 a 0 em Brasília

Na semifinal, o adversário do Mais Querido será o Botafogo

Com golaço de Rhodolfo, Flamengo vence Nova Iguaçu por 1 a 0 em Brasília
Foto: Gilvan de Souza/Site oficial do Flamengo

Na partida que marcou a última rodada da fase de grupos da Taça Guanabara, o Flamengo venceu o Nova Iguaçu por 1 a 0 no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Classificado em primeiro lugar antes mesmo da bola rolar, o técnico Paulo César Carpegiani utilizou o confronto para dar rodagem aos atletas que se reapresentaram no dia 13 de janeiro para a pré-temporada.
 
Durante a etapa inicial, um monólogo. Com amplo domínio da posse de bola e povoando em grande número o campo defensivo adversário, a equipe rubro-negra criou as principais oportunidades. Apesar dos poucos minutos em campo em 2018 até o momento, a troca de passes no momento da construção de jogadas foi feita com qualidade, criando espaços no setor defensivo adversário. No entanto, a pontaria dos homens de frente e as boas intervenções do goleiro Jefferson impediram a abertura do placar.
 
Com muita movimentação nos setores de meio-campo e ataque, diversas chances de gol foram desenhadas pelos lados e pela região central do gramado, com muito apoio por parte dos meio-campistas e dos laterais. O jovem centroavante Lincoln ficou perto de marcar nos dois principais lances da etapa inicial. No primeiro, Lucas Paquetá encontrou o camisa 9 na grande área com lindo passe. Lincoln tentou encobrir o goleiro, porém o chute acabou saindo fraco e foi cortado pela defesa. Na jogada seguinte, Everton Ribeiro lançou para Lincoln, que ganhou da defesa e bateu cruzado para grande defesa de Jefferson.
 
O início elétrico do primeiro tempo não se repetiu nos 45 minutos finais. Ainda buscando a forma ideal no que diz respeito à questão física, os atletas sentiram o desgaste a partir da metade da etapa final. Tendo isso em vista, o comandante Carpegiani fez três mexidas na equipe. No intervalo, o lateral-direito Rodinei substituiu Pará. Aos 15 minutos, foi a vez de Lincoln dar lugar à Vinicius Júnior. Por fim, Marlos Moreno entrou para substituir Diego, já aos 25 minutos. Apesar do sangue novo para o ataque, o bloqueio defensivo imposto pela equipe da Baixada Fluminense dificultou o trabalho dos responsáveis pela criação no Mais Querido.
 
As bolas aéreas passaram a ser um recurso explorado pelo Rubro-Negro, com triangulações pelas laterais buscando os atletas de maior estatura. Paquetá, que buscava as infiltrações pelo meio, além de Rhodolfo e Juan, que alternavam-se no momento de subir ao ataque eram os principais alvos. Apesar das muitas tentativas, a boa postura do oponente fez com que o placar continuasse inalterado.
 
No apagar das luzes, um grande gol de Rhodolfo fez com que os três pontos seguissem para o clube da Gávea. O árbitro assinalara 4 minutos de acréscimos. Com a partida chegando ao fim, o empate era praticamente certo. Fazendo justiça ao desempenho e jus ao espírito de luta de todos os que vestem o Manto Sagrado, o zagueiro correu pelo meio e arriscou de muito longe. Uma verdadeira bomba saiu do pé direito de Rhodolfo e encontrou o ângulo do gol de Jefferson, estufando as redes e fazendo explodir a Nação que compareceu ao estádio Mané Garrincha para apoiar o Flamengo. Um verdadeiro golaço!
 
A vitória encerra uma campanha quase perfeita na fase de grupos do primeiro turno do Campeonato Carioca. Com o primeiro lugar do grupo B assegurado com 13 pontos, o adversário rubro-negro na semifinal será o Botafogo, em clássico único no qual o Mais Querido terá a vantagem do empate. A partida será disputada no sábado, dia 10 de fevereiro.

MAIS NOTICIAS - CAMPEONATO CARIOCA