Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Avai

- Site oficial do Avaí |

Brasileirão Série A | Avai

Diego Jardel se despede do Avaí

Diego Jardel se despede do Avaí
Foto: André Palma Ribeiro/Site oficial do Avaí

O meia Diego Jardel se despediu oficialmente do Avaí na manhã desta quarta-feira (5), quando foi recebido pelo presidente Francisco José Battistotti. O jogador, a partir desta quinta-feira (6), não faz mais parte do grupo de atletas do clube e vai se apresentar ao Al-Arabi Doha, no Qatar. Jardel teve dois acessos pelos Avaí (2014 e 2016) e ainda marcou o gol do acesso contra o Londrina. Na saída, fez um agradecimento especial aos torcedores, que sempre o apoiaram em todos os momentos.
O jogador ficou emocionado na despedida. “Não poderia ir embora sem agradecer comissão técnica, diretores, presidente, todos os profissionais do clube. Saio de cabeça erguida e pela porta da frente. Saio como torcedor do Avaí e espero aqui voltar um dia, quem sabe para encerrar minha carreira. Estou feliz e motivado com este novo desafio”, disse o jogador, sem esconder as lágrimas.
Diego Jardel Koester, natural de Águas Mornas (SC), 27 anos, 1,79m, vai defender o Al-Arabi, uma equipe do Qatar baseada em Doha, e que dominou o futebol do país durante décadas, sendo conhecida como “O Time Dos Sonhos” ou “Diabos Vermelhos”. “É uma nova porta que se abre em minha carreira, um grande desafio, que espero vencer também”.
Na saída, Jardel gravou um vídeo onde manifestou sua gratidão pelo Avaí. “Se hoje estou aqui e valorizado é porque o Avaí me abriu as portas quando eu era ainda menino. Quero deixar o meu carinho e o meu reconhecimento a todos”. Jardel defendeu a camisa do Avaí 124 vezes e marcou 10 gols. O mais significativo foi o gol do acesso em Londrina, vitória de 1 x 0, em 19 de novembro de 2016, quando o Avaí chegou à Série A. “Uma grande festa e uma grande lembrança. O Avaí ficará sempre na minha memória”, completou.
A carreira profissional começou no Camboriú, mas foi se destacar pelo Avaí no Catarinense de 2013. Teve uma passagem por Portugal, no União de Leiria, onde atuou por cinco jogos. Em 2015 defendeu o Botafogo, onde disputou a Série B, fez quatro gols e conseguiu o acesso, com o título de campeão. Voltou do empréstimo ao Avaí, para novo acesso em 2016, agora com o vice-campeonato. Este ano conquistou o título do primeiro turno, Taça Club Atlético Nacional, de Medellín, e foi um dos destaques, e também o vice-campeonato estadual.

MAIS NOTICIAS - AVAI