Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Libertadores

- Site oficial do Palmeiras |

Libertadores

Em busca do bi, Palmeiras inicia caminhada na Libertadores nesta quarta-feira

A corrida pelo segundo título da Conmebol Libertadores Bridgestone para o Palmeiras começa nesta quarta-feira (08), na Argentina, onde o time do Palestra Italia irá enfrentar o Atlético Tucumán-ARG. O rival alviverde eliminou o El Nacional-EQU e o Junior Barranquilla-COL nas fases anteriores na competição sul-americana antes de chegar ao grupo 5, que também conta com Peñarol-URU e Jorge Wilstermann-BOL. 
Campeão em 1999, o Verdão ainda foi finalista em outras três oportunidades. Os vice-campeonatos aconteceram 1961, quando se tornou o primeiro brasileiro a alcançar uma decisão de Libertadores, 1968 e 2000. Ao todo, o Alviverde disputou 154 partidas pela competição, sendo 78 vitórias, 30 empates e 46 derrotas.
O Palmeiras é o segundo clube do Brasil com mais participações na história da Conmebol Libertadores Bridgestone. Ao lado do Grêmio, o Verdão disputou 16 edições – esta será a 17ª das duas equipes. O São Paulo se classificou uma vez a mais que os times paulista e gaúcho.
Do atual elenco alviverde, seis atletas já levantaram o troféu da competição. São eles: Edu Dracena (2011, pelo Santos), Arouca (2011, pelo Santos), Alecsandro (2010, pelo Internacional, e 2013, pelo Atlético Mineiro), Willian (2012, pelo Corinthians), Alejandro Guerra (2016, pelo Atlético Nacional) e Miguel Borja (2016, pelo Atlético Nacional).
Atlético Tucumán
Adversário do Palmeiras na estreia da Conmebol Libertadores Bridgestone 2017, nesta quarta-feira (08), às 21h45, o Atlético Tucumán nunca antes cruzou o caminho palestrino. No entanto, em janeiro de 1930, o Alviverde recebeu no Palestra Italia um combinado do distrito de Tucumán e venceu por 4 a 1 – gols anotados por Ministrinho (2), Lara e Osses.
Já diante equipes argentinas em geral o retrospecto palmeirense é extenso. Foram 85 jogos contra times do país vizinho ao longo da história, com 40 vitórias alviverdes, 23 empates e 22 derrotas. Pela Conmebol Libertadores Bridgestone, os números reduzem para 21 embates – oito triunfos, sete igualdades e seis reveses.
Peñarol e Jorge Wilstermann
O boliviano Jorge Wilstermann, primeiro adversário do Palmeiras no Allianz Parque nesta edição da Conmebol Libertadores Bridgestone, no próximo dia 15, já encarou o Verdão em três oportunidades. Foram duas vitórias da equipe brasileira e uma derrota – dois destes jogos, um triunfo e um revés, foram válidos pela competição sul-americana.
Enquanto isso, o Peñarol, tradicional equipe uruguaia, já mediu forças com o Palmeiras 21 vezes. Foram nove vitórias, nove empates e apenas três derrotas. Em jogos de Libertadores, os times se enfrentaram oito vezes, sendo cinco jogos vencidos pelo Verdão, um resultado igual e duas vitórias da equipe do Uruguai.

MAIS NOTICIAS - LIBERTADORES