Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Campeonato Carioca

- Site oficial do Fluminense |

Campeonato Carioca

Fluminense: Recuperado e perto do retorno, Giovanni enaltece trabalho do DM tricolor

Fluminense: Recuperado e perto do retorno, Giovanni enaltece trabalho do DM tricolor
Foto: Bruno Haddad/Site oficial do Fluminense

Desde agosto, mês da grave lesão no joelho direito, foram dias complicados para Giovanni. Mas não faltou apoio ao lateral-esquerdo na recuperação considerada até mesmo adiantada pelo departamento médico tricolor. Hoje, pouco menos de seis meses depois da cirurgia feita nos ligamentos, o camisa 6 do Fluminense destaca não só a sua própria força de vontade em não deixar a lesão, que aconteceu em um momento de alta na carreira, o abater, mas também a excelência dos profissionais que o auxiliaram nas Laranjeiras.
Além da operação no joelho direito, Giovanni conviveu ainda com uma infecção no local que acabou fazendo com que o atleta ficasse quase um mês internado. O tempo de recuperação, no entanto, não foi afetado, e o lateral-esquerdo sabe exatamente a quem agradecer pela rápida recuperação que o faz sonhar com dias melhores logo no início da próxima temporada.
- Tive o apoio de muita gente. Primeiro mantive minha fé em Deus e a minha família também esteve do meu lado o tempo inteiro. Minha esposa, que estava grávida e acabou tendo a nossa primeira filhinha (Luiza). Agradeço muito também ao pessoal do departamento médico do Fluminense. O Filé, o Dr. Douglas (Santos), o Felipe (Bastos), o Caio (Sauro), todos que me ajudaram. O Jefferson (Souza, preparador físico) que me acompanhou diariamente nos trabalhos de força, equilíbrio. Só a gente sabe o quão difícil foi esse período, das dores que sentimos para voltar. Mas hoje estou bem. Estou conseguindo correr, fazer mudança de direção e saltar. O equilíbrio de força já está igual. Agora é readaptar aos movimentos de campo para que no início de 2016 consiga fazer todos os trabalhos junto do restante do grupo – destacou Giovanni, completando em seguida com uma autoanálise de sua primeira temporada com a armadura tricolor.
- Tive um bom início, principalmente no primeiro semestre, consegui um entrosamento rápido com meus companheiros pelo lado esquerdo, mas no momento que senti que meu futebol estava crescendo ainda mais, tive uma lesão grave no joelho. Depois veio também o problema da infecção, fiquei internado quase um mês e isso quase atrapalhou um pouco minha recuperação. Mas o pessoal do Fluminense é de excelência e isso acabou não interferindo no tempo de retorno. Nessa reta final de ano estou conseguindo fazer bem os trabalhos de preparação física, então estou esperando um 2016 100% para começar bem.
Durante o tempo em que esteve lesionado, Giovanni viu a ascensão de dois jovens da base para a lateral esquerda. A briga entre o camisa 6, Léo e Ayrton promete ser muito boa por uma vaga como titular do Fluminense na próxima temporada. Ciente de que essa concorrência forte interna é boa principalmente para o clube, o jogador, contratado no início de 2015 e que teve o contrato ampliado até o fim de 2018, destaca as qualidades dos companheiros e garante que não só tem muito a passar para os menos experientes, como também tende a aprender muito com eles.
- Essa competição é muito boa. Clube grande é assim, tem sempre que haver concorrência. O Léo e o Ayrton são dois meninos que subiram com muita vontade. Acredito que tenho coisa para passar para eles, assim como sei que eles vão me ensinar muito também. Vai ser uma boa disputa no ano que vem. Espero que nós três possamos estar na nossa melhor forma e causa uma boa dor de cabeça para o professor Eduardo (Baptista). Estou me preparando forte para fazer um 2016 muito melhor – analisou o camisa 6 tricolor.
Não faltou elogios à torcida tricolor. Desde o início de sua trajetória no Fluminense, Giovanni rapidamente caiu nas graças dos guerreiros das arquibancadas graças à entrega dentro de campo e o estilo de jogo aguerrido. Neste fim de ano, período de festas, o camisa 6 fez questão de deixar um recado destinado aos torcedores: espera que 2016 seja melhor para ele e também para o clube.
- Queria agradecer à torcida tricolor pelos recados de força que recebi nesse momento complicado que passei. Muitos torcedores mandaram mensagens de apoio e isso me ajudou muito na recuperação. Em 2016 vou fazer de tudo para ficar na minha melhor forma o ano inteiro, jogar um futebol em alto nível. 2016 começou para mim em agosto, quando fiz minha cirurgia, então minha preparação está sendo para que seja um ano de afirmação e contamos com o apoio dos torcedores para que possamos fazer um grande ano juntos – finalizou Giovanni.

MAIS NOTICIAS - CAMPEONATO CARIOCA