Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Copa do Brasil

- Site oficial do Grêmio |

Copa do Brasil

Fora de Casa, Grêmio vence o Goiás no jogo de ida das oitavas de final

Com gols de Éverton e Luan, o Tricolor começou bem a competição

Fora de Casa, Grêmio vence o Goiás no jogo de ida das oitavas de final
Foto: Lucas Uebel/Site oficial do Grêmio

O Grêmio viajou a Goiânia para cumprir mais um desafio na temporada. No Serra Dourada, contra o Goiás, estreou nas oitavas de final da Copa do Brasil e com o pé direito. Venceu o time da casa por 2 a 0.
Em campo, a superioridade foi gremista, que dominou as ações no primeiro tempo. Criou e por vezes, chegou ao ataque, ameaçando a meta goiana. Aos 28 minutos, depois de um cruzamento preciso de Everton, Jael por pouco não balançou as redes. Outra chance surgiu aos 35’, também em uma jogada envolvendo Cebolinha. O atacante recebeu um lançamento de Ramiro e, cara a cara com o goleiro, finalizou, mas Rangel salvou.
Já na etapa complementar, o Goiás começou assustando, tanto que no primeiro minuto, Grohe fez mais uma de suas grandes defesas. Mas na sua primeira chegada ao ataque, o Grêmio foi fatal. Aos 2 minutos, Luan deu um bom passe para Jael, que serviu Éverton na esquerda. Ele recebeu dentro da área, deu dois dribles espetaculares em dois marcadores e estufou as redes, assinando um golaço. Os goianos ameaçaram e aos 15’, com Robson, colocaram uma bola na trave.
Mas o jogo foi do Tricolor. Aos 22’, de pênalti, Luan marcou o segundo. Os donos da casa ainda tiveram um jogador expulso: Madison, por parar uma chance clara de gol, protagonizada por Luan.
Quanto as substituições, Renato tirou Madson, Kannemann e Jael, para colocar Alisson, André e Thonny Anderson, respectivamente.
Com o resultado, o Tricolor larga bem na competição e tem vantagem para o jogo de volta, que ocorre no dia 9 de maio, na Arena.
 
Primeiro tempo
O jogo começou favorável para o Tricolor, que dominou as primeiras ações da partida. Aos 5’, Cortez avançou pela esquerda, passou pela marcação de Carlos Eduardo, mas foi parado com falta. Na cobrança, Luan colocou na marca penal, Geromel subiu, mas a defesa cortou a escanteio. Dois minutos depois, Luan e Jael tabelaram. O camisa 7 recebeu o último passe, tentou o toque na direita, mas a zaga fez o corte.
Com 10 minutos, Everton recebeu passe na meia esquerda e finalizou, mas Marcelo Rangel espalmou para fora da área. Logo em seguida, um cruzamento vindo da direita chegou até Bruno Cortez, que mandou de cabeça, mas para fora.
Dois minutos depois, Madson alçou a bola da intermediária para Jael, que se antecipou à defesa e desviou de cabeça; passou perto, mas saiu pela linha de fundo.
Aos 20’, o Tricolor quase abriu o marcador, em um lance pela direita. Primeiro, Jael recebeu de Ramiro na área, dominou, mas ao finalizar, Rangel saiu para fazer a defesa. Na sequência, o volante fez um novo cruzamento, mas Brock cortou.
Em resposta, o Goiás saiu em contra-ataque rápido, mas o Tricolor cortou com uma falta sobre Carlos Eduardo. Na cobrança da intermediária, Rafinha mandou direto, mas a bola explodiu na barreira. Outra chance do time esmeraldino veio minutos depois, com uma tentativa de lançamento longo. Grohe se antecipou ao atacante e fez a defesa.
A melhor chance gremista surgiu aos 28 minutos. Da esquerda, Everton driblou a marcação e fez um cruzamento preciso para Jael, na pequena área. Por muito pouco o centroavante não alcançou.
O time da casa também chegou. Caíque Sá levantou na área, Rafinha subiu, mas desviou para fora. Respondendo, o Grêmio chegou com Ramiro, que da entrada da área, chutou de perna direita. Rangel conseguiu a defesa.
Aos 32’, o Goiás teve uma oportunidade em cobrança de escanteio. A bola foi alçada por Maranhão na marca pena. Grohe subiu e segurou. Um minuto depois, Madson fez um cruzamento para a área, Everton entrou de cabeça, mas a bola saiu pela linha de fundo.
Por detalhe o Grêmio não marcou aos 35 minutos. Maicon fez um grande lançamento para Everton, na ponta da pequena área, pela esquerda. Cara a cara com Marcelo Rangel, finalizou, mas o arqueiro goiano operou um milagre.
Já aos 44’, o Tricolor teve uma chance em falta. Ramiro fez uma cobrança ensaiada, Luan colocou na área e Jael desviou, mas a bola saiu pela linha de fundo.
Jogo finalizou aos 46’.

 
Segundo tempo
O Grêmio voltou a campo com a mesma formação.
Pela esquerda, o Goiás chegou primeiro na etapa complementar. Maranhão foi ao fundo de campo e cruzou, mas Grohe segurou firme. Logo em seguida, Giovanni, da meia-direita, de longa distância, arrematou, mandando no ângulo da meta tricolor. Marcelo, mais uma vez, fez uma grande defesa.
Mas na sua primeira chegada ao ataque, o Grêmio foi fatal. Aos 2 minutos, Luan deu passe para Jael, que serviu Éverton na esquerda. O atacante recebeu dentro da área, deu dois dribles espetaculares em dois marcadores e estufou as redes, assinando um golaço.
Aos 6 minutos, o Tricolor tentou novamente com Jael. O centroavante recebeu um lançamento na esquerda, mandou na área, mas Brock afastou. Em seguida, quase o segundo. Pela direita, Madson recebeu um passe de Ramiro e desceu em velocidade; próximo a linha de fundo, fez um cruzamento na área para Jael, que tentou a finalização, mas a bola passou por sobre o gol de Rangel.
Os goianos chegaram com Maranhão, na esquerda, aos 11’. Ele tentou passar pela marcação de Madson, mandou na área, mas Grohe segurou. Em seguida, pela ponta direita, Caíque Sá chegou na linha de fundo e fez o cruzamento, mas Kannemann jogou para escanteio.
Já com 15’ de bola rolando, o Goiás criou. Em cobrança de escanteio, Giovani levantou na área, mas Grohe saiu do gol e tirou de soco. No lance seguinte, Robson recebeu pela meia direita, cortou a marcação e chutou colocado. A bola raspou no travessão e saiu pela linha de fundo.
Aos 22’, quando Luan tentava o domínio de um cruzamento, foi derrubado dentro da área. Pênalti. O camisa 7 foi para a cobrança, e com segurança, bateu e deslocou o goleiro Marcelo Rangel, assinalando o segundo gol gremista na partida.
Substituição: Saiu Madson, entrou Alisson, aos 25’.
E na sua primeira participação, Alisson já levou perigo. Tabelou com Ramiro e tentou o cruzamento, mas David Duarte tirou. Em seguida, foi Arthur quem quase marcou. De fora da área, o volante bateu muito bem, em curva, obrigando o arqueiro goiano a jogar para escanteio.
Aos 30’, Luan recebia um lançamento, livre, na intermediária de ataque, próximo a grande área, quando foi puxado por Madison. O atleta acabou avermelhado por parar uma chance clara de gol. Na cobrança, Jael bateu por baixo, mas a bola saiu à direita da meta, raspando a trave.
Substituição: Saiu Kannemann,  entrou André, aos 33’. Aos 38’, Jael deu lugar a Thonny Anderson.
Aos 41’, quase que nasceu o terceiro. Ramiro chegou bem e arrematou de longe. A zaga desviou e por pouco não marcou contra.
O Goiás ainda tentou descontar. Michael passou pela marcação e deu um passe para Breno, que livre, isolou.
Jogo finalizou aos 49’.


* O trio de arbitragem foi comandado por Flávio Rodrigues de Souza, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo.

MAIS NOTICIAS - COPA DO BRASIL