Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Primeira Liga

- Site oficial do Londrina |

Primeira Liga

Londrina vence o Atlético Mineiro fica com a taça da Copa da Primeira Liga

Alviceleste volta a conquistar um título nacional depois de 37 anos

Londrina vence o Atlético Mineiro fica com a taça da Copa da Primeira Liga
Foto: Gustavo Oliveira/Site oficial do Londrina

O Londrina Esporte Clube está outra vez no lugar mais alto do pódio em uma competição nacional. Trinta e sete anos depois de vencer a Taça de Prata, o Alviceleste comemorou na noite desta quarta-feira (4) mais uma conquista no Estádio do Café, a Copa da Primeira Liga.
 
Título que faz do LEC agora o primeiro campeão invicto do torneio. Depois de passar por Figueirense, Avaí, Paraná Clube, Fluminense, Cruzeiro, o Tubarão deixou o Atlético Mineiro desta vez pelo caminho. Após empate sem gols no tempo normal da decisão, a equipe principal londrinense venceu por 4 a 2 nos pênaltis.
 
Especialista em defender penalidades, o goleiro alviceleste César mais uma vez foi destaque na disputa. Segurou as cobranças de Clayton e Rafael Moura. Jumar, Édson Silva, Ayrton e Dirceu converteram em gol todas as cobranças do Tubarão. Fábio Santos e Robinho fizeram para o Galo.
 
Com mais um troféu na sua galeria, o Londrina agora volta as atenções para o Campeonato Brasileiro da Série B. O Tubarão tem pela frente mais 11 para buscar o acesso à Série A. Atualmente, é o décimo colocado, com 37 pontos ganhos.
 
A equipe treina hoje na cidade e viaja na manhã desta sexta-feira (6) ao sul de Santa Catarina, onde enfrenta o Criciúma às 16h30 deste sábado (7) no Estádio Heriberto Hülse, pela 28ª rodada da competição.
 
O jogo
Dono da melhor campanha da Primeira Liga, o Londrina teve o benefício de jogar a decisão em casa e fez valer o apoio da torcida para ir para o ataque.
 
Romulo foi o primeiro a assustar o goleiro atleticano Victor, com um chute que passou rente à trave aos 18 minutos. Depois foi Negueba que fez o goleiro adversário trabalhar, com um forte chute aos 25 minutos.
 
Bem postada defensivamente, a equipe londrinense deu poucas possibilidades de ataque aos belo-horizontinos, que levaram perigo com um chute de Valdívia da entrada da área já aos 41 minutos.
 
No segundo tempo, foi o Galo que iniciou na pressão, enquanto o Londrina se armava para contra-atacar. Aos 8 minutos, Valdívia quase surpreendeu a defesa do LEC ao tentar um gol olímpico na cobrança de escanteio.
 
Em uma outra cobrança de escanteio, desta vez para o Londrina, Dirceu por pouco não abriu o placar de cabeça aos 20 minutos.
 
A última oportunidade da partida foi do time de Minas. Aos 42 minutos, Marlone e Clayton fizeram a tabela.  Mas o camisa 62 finalizou para o alto, longe do gol.
 
Pênaltis
Na disputa por pênaltis, mais uma vez o goleiro César foi destaque na Copa da Primeira Liga. Depois de defender três cobranças na semifinal contra o Cruzeiro, pegou mais duas na decisão contra o Atlético Mineiro.
 
Antes, Jumar iniciou as cobranças e abriu o placar para o Londrina. Fábio Santos empatou para o Galo. Édson Silva voltou a colocar o Tubarão na frente. Robinho acertou em favor do Alvinegro. Na terceira série, Ayrton superou Víctor enquanto César pegou a tentaiva de Clayton. Na sequência, Dirceu garantiu o gol dele e César voltou a defender, desta vez a cobrança de Rafael Moura.
 
Festa londrinense no Estádio do Café. O Tubarão volta a ser o melhor time em uma competição nacional.  

Ficha técnica:
4 de outubro de 2017, quarta-feira
LONDRINA 0 (4) X (2) 0 ATLÉTICO MINEIRO
Copa da Primeira Liga - Final 
Local: Estádio do Café, em Londrina. 
Início: 21h45
Público total:17.003 (15.735 pagantes)  
Renda: R$ 383.920,00 
Condições meteorológicas: Céu limpo. Temperatura: 21ºC.
 
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Árbitro assistente 1: Carlos Berckenbrok (SC)
Árbitro assistente 2: Rafael da Silva Alves (RS)
Quarto árbitro: Leonardo Zanon (PR)
Analista de campo: Pedro Martinelli Cristhino (PR)

 
Cartões amarelos:
Negueba (LEC), aos 33 min do 1ºT;
Ayrton (LEC), aos 35 min do 1ºT;
Adilson (ATM), aos 4 min do 2ºT;
Jardel (LEC), aos 16 min do 2ºT.
 
Cartões vermelhos:
Não houve.

 
LONDRINA
01-César
02- Lucas Ramón 
03-Dirceu
04-Édson Silva
05- Jumar
06- Ayrton
07-Artur
08- Romulo (19-Marcinho, aos 23 min do 2ºT)
09-Carlos Henrique  (21-Safira, aos 36 min do 2ºT)
10- Negueba 
11- Jardel
Técnico: Cláudio Tencati.
Suplentes que não participaram da partida: 12-Alan, 13- Marcondes, 14-Silvio, 15- Reginaldo, 16- Quaresma, 17-Bidia, 18-Thiago Lopes, 20- William Henrique, 22- Victor Golas, 23- Ítalo.
 
 
ATLÉTICO MINEIRO 
01-Victor
06-Fábio Santos 
07-Robinho
08-Elias
09-Fred (13- Rafael Moura, aos 31 min do 2ºT)
10-Cazares (92- Marlone, aos 35 min do 2ºT)
20-Valdívia (99- Clayton, aos 22 min do 2ºT)
21-Adílson
26-Felipe Santana
29-Alex Silva
30-Gabriel 
Técnico: Oswaldo Oliveira
Suplentes que não participaram da partida: 32- Uilson, 40- Cleiton, 4-Erazo, 14-Mansur, 23- Matheus Mancini, 25-Yago, 31-Leonan, 36-Bremer, 85-Roger Bernardo.
 
Pênaltis:
Jumar abriu a série e o placar coverteu: Londrina 1 x 0
Fábio Santos cobrou e empatou para o Atlético Mineiro: 1 x 1
 
Édson Silva voltou a colocar o LEC na frente: 2x1
Robinho empatou para o CAM: 2x2
 
Ayrton cobrou e superou Victor: Londrina 3x2
Clayton cobrou e César defendeu: Londrina 3x2
 
Dirceu fez a tentativa dele ampliou a vantagem do Londrina: 4 a 2
César voltou a defender, desta vez a cobrança de Rafael Moura: Londrina 4 a 2.

MAIS NOTICIAS - PRIMEIRA LIGA