Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

São Paulo

- Site oficial do São Paulo |

Brasileirão Série A | São Paulo

No Moisés Lucarelli, São Paulo é derrotado pela Ponte Preta

Com gol de Lucca, campineiros venceram por 1 a 0 o confronto válido pelo Campeonato Brasileiro

No Moisés Lucarelli, São Paulo é derrotado pela Ponte Preta
Foto: Rubens Chiri/Site oficial do São Paulo

O Tricolor foi derrotado por 1 a 0 para a Ponte Preta na tarde deste domingo (4), em Campinas, em confronto válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. O gol solitário da partida, disputada no Estádio Moisés Lucarelli, foi marcado pelo atacante Lucca no início da segunda etapa. Com o resultado, o São Paulo caiu para a nona colocação da competição nacional, com seis pontos. Na próxima quinta-feira (8), em busca da reabilitação, o time são-paulino receberá o Vitória, no Morumbi, às 19h30 (de Brasília).
Para encarar os campineiros, o técnico Rogério Ceni não pôde contar com o atacante Morato (ligamento cruzado do joelho direito), o lateral-direito Buffarini (estiramento no músculo posterior direito) e o centroavante Chavez (contratura muscular). Além deles, quatro atletas já estão liberados pelo departamento médico e na fase de treinos físicos no campo antes do retorno, mas ainda não reúnem condições de jogo: Thiago Mendes (edema no ligamento colateral do joelho direito), Wellington Nem (artroscopia no joelho esquerdo), Wesley e Araruna (lesões musculares).
Já o peruano Cueva, que estava com dores no dorso do pé, foi retirado do jogo por precaução após uso de um medicamento que poderia trazer problema no controle de doping. Assim, o time são-paulino foi escalado com Renan Ribeiro; Lucão, Maicon e Rodrigo Caio; Marcinho, Jucilei, Cícero e Junior Tavares; Thomaz, Lucas Pratto e Luiz Araújo. Já os donos da casa atuaram com Aranha; Jeferson, Marllon, Rodrigo e João Lucas; Wendel, Nino Paraíba e Elton; Lucca, Léo Artur e Lins.
Quando a bola rolou, mesmo longe de seus domínios, o Tricolor criou boas oportunidades e levou perigo no primeiro tempo. Logo aos três minutos, Cícero pegou a sobra na entrada da área e bateu forte: o chute passou à esquerda do gol de Aranha, perto do ângulo. Para tentar envolver os pontepretanos, o São Paulo contava com um inspirado Jucilei, que ditava o ritmo do meio de campo, neutralizava boa parte das investidas do adversário e chegava com eficiência ao ataque.
Pela ponta direita, Marcinho também buscava as jogadas e tinha a missão de municiar Lucas Pratto na grande área. No entanto, apesar de controlar boa parte do confronto e chegar bem com algumas chances, o time são-paulino não conseguiu balançar as redes antes do intervalo. Os anfitriões até tentaram responder, mas esbarravam no seguro sistema defensivo dos visitantes, e assim os time foram para o intervalo sem que o placar fosse alterado.
Na volta para a segunda etapa, o Tricolor não teve tempo de manter a postura dos primeiros 45 minutos e sofreu o gol da Ponte Preta logo aos cinco minutos: Lucca inaugurou o placar no interior paulista. Em busca do empate, Rogério mexeu no time e promoveu a entrada de Gilberto na vaga de Thomaz aos 16. Para tentar deixar tudo igual, o São Paulo chegou bem aos 21 minutos: Marcinho cruzou da direita, e Pratto pegou de primeira da entrada da área. A bola passou à esquerda de Aranha, que defendeu.
Aos 22, para dar mais ofensividade e render novas opções na frente, o comandante colocou Bruno em campo no lugar do zagueiro Lucão. Ao ataque, os visitantes lutaram para reagir, mas não conseguiram envolver a defesa campineira. Na última tentativa de empatar a partida no Estádio Moisés Lucarelli, o comandante promoveu a estreia do garoto Léo Natel, que ocupou a vaga de Marcinho, porém, os mandantes seguraram o resultado até o apito final: 1 a 0. 

MAIS NOTICIAS - SÃO PAULO