Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Campeonato Paulista

- Site oficial da Ponte Preta |

Campeonato Paulista

Ponte empata em 1 a 1 com o Novorizontino, em jogo que teve golaço de calcanhar de Felippe Cardoso

Ponte empata em 1 a 1 com o Novorizontino, em jogo que teve golaço de calcanhar de Felippe Cardoso
Foto: FábioLeoni/Site oficial da Ponte Preta

A Ponte Preta empatou com o Novorizontino no Majestoso na tarde deste sábado de carnaval, em partida válida pela sexta rodada do Paulistão. A Macaca abriu o placar com um golaço de Felippe Cardoso, de calcanhar, mas tomou o empate em um chute forte que bateu na nuca de Emerson e acabou encobrindo o goleiro Ivan. A Ponte agora tem oito pontos e ocupa o segundo lugar do grupo, com dois pontos atrás do São Paulo e um à frente do Santo André, que venceu o Corinthians nesta rodada. A equipe alvinegra se reapresenta na segunda-feira para os treinamentos e na terça viaja para Ribeirão Preto logo após as atividades da manhã – no dia 14, os comandados do treinador Eduardo Baptista enfrentam o Botafogo às 19h30.
O jogo
A Ponte Preta começou indo pra cima do adversário e logo no primeiro minuto, em contrataque rápido,  Felipe Saraiva cruzou, Tiago Real pegou a sobra e mandou uma bomba para o gol do Novorizontino. Oliveira espalmou para fora e por muito pouco o jogador não abriu o placar.
Aos seis, em cobrança de falta, Orinho mandou um petardo, mas a bola acabou passando ao lado do gol. Dois minutos depois, a Macaca desarmou o Novorizontino e Saraiva saiu para ataque rápido, mas foi derrubado por Adilson Goiano. Orinho cobrou próximo à trave, mas Magno Alves interceptou. 
Aos 16, Oliveira mais uma vez evitou o primeiro alvinegro. Jeferson cruzou rasteiro e Fábio Ferreira tentou cortar e só não marcou contra porque o goleiro fez um verdadeiro milagre. Mas o gol da Macaca estava maduro e não demorou a chegar, e que golaço! Aos 18, Léo Artur recebeu de Saraiva, tirou Fábio Ferreira da jogada e tocou para Felippe Cardoso completar de calcanhar. Ponte 1 x 0 Novorizontino.
O adversário até tentou responder, com chute longo de João Carlos, mas Ivan defendeu com firmeza. Os 31, a Ponte fez boa descida pela esquerda, mas o passe de Silvinho para Orinho acabou sendo detido por uma poça de água. Aos 34, gol do adversário: Jean Carlos deu uma paulada de fora da área, a bola bateu na nuca de Emerson e acabou encobrindo Ivan. 1 a 1.
Focando em vencer, a Ponte foi pra cima e aos 41, Silvinho invadiu a área após bom passe de Tiago Real e chutou bem. Oliveira rebateu e o atacante pegou a sobra e chutou, mas a bola foi para fora. A Macaca ainda teria uma última chance aos 46, quando Silvinho chutou para Luan Peres na segunda trave e o zagueiro desviou, mas Oliveira defendeu mais uma vez.
No segundo tempo, a Ponte começou indo pra cima e o Novorizontino tentava truncar o jogo e algumas vezes parava os atletas alvinegros com falta. Aos oito, em troca de passes, Léo Artur passou para Felippe Cardoso dentro da área e a arbitragem marcou impedimento - Adilson Goiano, porém, dava condição legal ao camisa 9 da Macaca. Aos 16, quase a virada: Felipe Saraiva lançou Léo Artur em profundidade, o camisa 10 bateu cruzado e a bola passou rente à trave de direita de Oliveira. 
Aos 29, Felippe Cardoso chutou para Gabriel Vasconcelos na área, mas o árbitro marcou impedimento. No lance seguinte, Cardoso recebeu na cara do goleiro, mas novamente foi marcado impedimento. Aos 37, Vitinho chutou para o gol adversário, mas a bola não entrou. Na sequência, Daniel deu passe para Felipe Saraiva, mas Oliveira interceptou. 
Aos 42, a Macaca teve a melhor chance até então: Saraiva deixou para Daniel, que chutou forte dentro da área. A bola desviou em Fábio Ferreira, mas o árbitro deu tiro de meta. Na sequência, Gabriel Vasconcelos teve boa chance e foi parado com falta dura por Tony, que levou o segundo amarelo do jogo e foi expulso. Aos 45, Felippe Cardoso tentou surpreender o goleiro adversário, mas o chute saiu fraco. A Macaca fez mais dois ataques ao gol adversário antes de o juiz apitar o final da partida, aos 48 minutos, mas não conseguiu virar o placar. Placar final: Ponte Preta 1 x 1 Novorizontino.
Ponte Preta:Ivan,Emerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Orinho; Tiago Real, Leo Artur (Daniel) e Jeferson (Vitinho); Silvinho (Gabriel Vasconcelos), Felippe Cardoso e Felipe Saraiva. Técnico: Eduardo Baptista.
Novorizontino: Oliveira, Tony, Fábio Ferreira, Eder e Lucas Siqueira ; Adilson Goiano, Jean Patrick e Jean Carlos; Juninho (Rafael Ratão), Magno Alves (Jonatan Lima) e Everton (Francis). Técnico: Doriva.
Gols: Felippe Cardoso, aos 18, e Jean Carlos, aos 34, ambos no primeiro tempo.
Árbitro: Vinicius Furlan
Cartões amarelos: Silvinho,Saraiva e Tiago Real (Ponte); Tony, Adilson Goiano, Lucas Siqueira e Oliveira (Novorizontino)
Cartão Vermelho: Tony (Novorizontino)

Público pagante: 3.536
Não-pagantes: 264
Público total: 3800
Renda: R$ 30.260,00
Local: estádio Moisés Lucarelli em 10/02/2018, início às 16h30 (6ª rodada)

MAIS NOTICIAS - CAMPEONATO PAULISTA