Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Campeonato Carioca

- Site oficial do Fluminense |

Campeonato Carioca

Técnico Abel Braga elogia atitude de jogadores do Fluminense

Comandante do Tricolor admite que era contra a realização do jogo com o estado do gramado completamente alagado, mas jogadores garantiram e venceram

Técnico Abel Braga elogia atitude de jogadores do Fluminense
Foto: Mailson Santana/Site oficial do Fluminense

Era difícil imaginar um bom jogo de futebol ao olhar para o gramado alagado do Estádio Los Lários, em razão da forte chuva. Era o que percebia o técnico Abel Braga e muitas outras pessoas. No entanto, não há condição ruim que pare o Time de Guerreiros. Os jogadores pediram para jogar. Fizeram uma grande atuação e emplacaram 3 a 0 na Portuguesa. Situação que ganhou elogios do comandante.
-  Tomaram uma decisão muito forte em relação ao jogo. Eu fui contra a partida, meu vice-presidente foi contra, meu médico, o Torres… Eu comentei que o jogo ficaria igual na parte técnica. E eles quiseram jogar. Eles jogaram e ganharam. Minha contribuição foi zero. Sensacional a atitude deles. Conseguiram jogar bem nesse campo, que só dava para usar um lado - afirmou o treinador.
O campo estava pesado e a maratona de jogos do Fluminense não é diferente. Dessa maneira, Abel deve poupar alguns jogadores para a partida contra o Internacional, quarta-feira, às 19h30, pela Copa da Primeira Liga, no Beira-Rio.
- O Henrique Dourado está praticamente fora para quarta-feira, Ainda vou tirar quatro ou cinco da equipe. Não tem condição. Alguns jogadores precisam fazer um trabalho físico. Cinco titulares se reapresentaram no dia 9 e começaram a treinar no dia 11. Hoje foi o sexto jogo (contando jogos-treinos) em 20 dias. E sem conseguir fazer nenhum treino físico nesse período. Daqui a pouco alguém vai estourar. Vamos pensar bastante para quarta-feira - disse Abel, para complementar:
- A gente quer ganhar, classificar na Primeira Liga, ficar em primeiro no nosso grupo, tentar fazer tudo o melhor. Mas não posso arriscar tendo jogadores que podem entrar com risco de lesão. Enfrentamos Friburguense, Madureira, Criciúma, Vasco, Resende e Portuguesa. Como aguentar isso? Dentro do que penso como equipe, posso usar o jogo de quarta também para observar jogadores que vi pouco. Tenho que ver mais do Marquinho, do Marcos Júnior, do Luiz Fernando. Gostei muito da entrada do Renato no clássico. Mas tenho que ver mais.

MAIS NOTICIAS - CAMPEONATO CARIOCA