Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Campeonato Carioca

- Site oficial do Vasco da Gama |

Campeonato Carioca

Vasco da Gama: Médicos detalham procedimentos de saúde adotados pelo Clube

O Diretor Médico do Club de Regatas Vasco da Gama, Marcos Teixeira, o médico Rodrigo Furtado e o coordenador científico Marcos Cezar falaram à Vasco TV sobre os procedimentos de saúde adotados pelo Clube, que irá retomar avaliações médicas, atividades de fisioterapia e fisiologia nesta segunda-feira (01/06)..
 
PROMOÇÃO DE SAÚDE 
 
DR. MARCOS TEIXEIRA
Nós fizemos uma grande ação de promoção de saúde. Então, testamos os jogadores, a comissão técnica e o staff envolvido nos treinos de futebol. Testamos também todos os familiares e os contactantes domiciliares, seja funcionários ou amigos que moram junto com todas essas pessoas, para que possamos avaliar e ter um quadro geral, um grande panorama epidemiológico de todas essas pessoas, e a partir daí traçar um plano de como ajudá-lo, seja isolando pessoas que eventualmente tiveram contato com o vírus, ou dando orientações de higiene, para que nós possamos trazer saúde para toda a família vascaína. 
No total, examinamos aproximadamente 250 pessoas, foram 350 testes, mais de 100 famílias examinadas, para gerar esse grande panorama epidemiológico, para nós podermos atuar em cada núcleo familiar. Isso, na verdade, é considerado uma testagem em massa, assim como alguns países na Europa fizeram, os Estados Unidos estão fazendo, o Club de Regatas Vasco da Gama fez também na sua família para a gente poder entender qual o quadro e poder, por ventura, surpreender pessoas, o que até e maioria, que têm o vírus de forma assintomática, pessoa que está disseminando o vírus dentro da sua casa. Isso acontece em 80% das pessoas que têm o vírus de forma assintomática. Então, com essa informação, com essa testagem em massa, nós podemos intervir em cada núcleo familiar para tentar diminuir ao máximo esse contágio entre as pessoas. Então, isso foi uma grande ação de saúde que nós fizemos.
 
DR. RODRIGO FURTADO
É importante que se diga que esses testes foram realizados com protocolos de extrema segurança. Foi montado um sistema de drive-thru, onde o núcleo familiar ou de contactantes domiciliares de cada indivíduo, chega de carro, estaciona, sai do veículo, faz a testagem e volta para o seu veículo. Toda a área onde foi realizado o exame é higienizada e nós passamos para o próximo veículo, para que assim não haja chance de contato entre os núcleos familiares de cada indivíduo testado. 
 
DR. MARCOS TEIXEIRA
Lembrando que nós estamos fazendo avaliações há duas semanas. Estamos fazendo avaliações através de exame laboratorial, seja ele exame de sangue para detectar anticorpos contra o vírus, o IGM e o IGG. Estamos fazendo exame também do PCR, aquele cotonete que entra no nariz, para detectar a presença do RNA viral na pessoa. Então estamos fazendo esses testes seriados, semanalmente, para surpreender, eventualmente, a presença de uma pessoa que tenha entrado em contato com o vírus. Não só olhar para trás, o que já passou, a quantidade de pessoas que já entraram em contato com o vírus, como estamos fazendo isso de forma profilática, de forma a surpreender ao máximo o primeiro momento eventual de um contágio, para que a gente possa, imediatamente, afastar essa pessoa do convívio em São Januário e estabelecer promoção de saúde para a casa dela, para o núcleo familiar dela, para que não haja contaminação maior na família dessa pessoa. 
 
RESULTADO
 
DR. MARCOS TEIXEIRA
Depois de toda essa bateria de exames, esses exames seriados que estamos fazendo em todo o grupo, todos os jogadores, comissão, staff e seus contactantes domiciliares, nós pudemos perceber que aproximadamente 30% de todas essas pessoas já entraram em contato com o novo coronavírus. Ou seja, mesmo com o distanciamento social, o isolamento social durante esses meses todos, 30% das pessoas já entraram em contato com o vírus.
 
ELENCO
 
DR. MARCOS TEIXEIRA
Falando um pouquinho do nosso elenco, três atletas já tiveram contato com o vírus e já estão curados. Observamos hoje 16 atletas que vieram com exames positivos, então esses atletas são isolados do grupo, vão continuar com contato médico, vão continuar a fazer exames seriados, até que nós tenhamos a certeza que eles não podem mais transmitir esse vírus para o restante do elenco, né? Isso só comprova que nós estamos fazendo uma grande ação de saúde, identificando mais rápido possível essa infecção nos atletas, porque a gente sabe, na verdade, que 95% das pessoas são assintomáticas entre essas que já tiveram contato com o vírus. Então isso faz com que a gente impeça que esse vírus seja disseminado até mesmo dentro do ambiente familiar do atleta.
 
ATIVIDADES: AVALIAÇÃO MÉDICA, FISIOLÓGICA E FISIOTERAPIA
 
Nesta segunda-feira (01/06), nós estaremos em São Januário realizando mais uma bateria de exames para aqueles que estarão presentes e iniciaremos essas avaliações médicas e fisiológicas, que é o que está permitido pelas autoridades. Nós só vamos fazer o que está permitido pelas autoridades. Nós vamos fazer essa parte toda de exame médico, avaliação de fisioterapia, avaliação fisiológica, e não haverá treino propriamente dito, porque nós vamos seguir exatamente o que está autorizado pela prefeitura e pelos órgãos que regulam as atividades.
 
ACESSO ÀS ATIVIDADES
 
DR. MARCOS TEIXEIRA

É importante falar que só será permitido a entrada em São Januário de pessoas que estão sofrendo esse acompanhamento pelo departamento médico, então membros da comissão, staff, jogadores, eles estão sendo acompanhados com os exames, e só será permitido a entrada em São Januário de quem tem os exames negativos, ou de quem, por ventura, já tenha imunidade ao vírus. Então, com isso, fazemos um ambiente de segurança entre nós onde o risco é mínimo de contágio entre as pessoas. Nós temos certeza de que esse risco é menor do que se os jogadores estivessem em casa. Um estudo americanos mostrou que a contaminação domiciliar representa 63% das contaminações por coronavírus. Então, uma vez que nós testamos todas as pessoas que moram com os jogadores, sabendo que dentro de São Januário ela vai ter todo o protocolo de segurança, de distanciamento, ele vai estar entre pessoas testadas, ele vai ter muito mais segurança do que estão em casa, eventualmente saindo para fazer alguma atividade, ou sendo visitado por algum profissional estranho ao Vasco que não tenha esses cuidados de higiene e que não foi testado.
 
TIPOS DE AVALIAÇÃO
 
MARCOS CEZAR
A partir desta segunda-feira, então, iremos iniciar uma bateria de avaliações físicas em nossos atletas, com o objetivo de identificar os níveis de condição física que eles se encontram, após um período de mais de 70 dias de inatividade por conta do isolamento social. Essas avaliações serão compostas por avaliações da composição corporal, avaliação dos níveis de força, onde iremos mensurar os níveis em que os atletas se encontram. Também (faremos) avaliações funcionais, para identificar como é que estão os padrões de movimento dos atletas, pensando que nesse período de recesso podem ter acontecido algumas perdas significativas também na capacidade aeróbia desse atleta. Com esses dados, podemos traçar um protocolo de reabilitação, pensando que essa inatividade pode ter causado impactos significativos na condição física de todos.
 
PROTOCOLO
 
DR. MARCOS TEIXEIRA
Esse retorno às atividades envolve um protocolo de segurança muito rígido desenvolvido pelo Vasco da Gama, então ele envolve procedimentos de segurança para dar tranquilidade aos jogadores e membros da comissão e minimizar ao máximo o risco de qualquer evento adverso. Então o atleta, o membro da comissão, vai chegar em São Januário, vai ser avaliado por um médico enfermeiro, lá vamos medir a temperatura corporal através de um termômetro infravermelho, para evitar o contato entre o médico e a pessoa que está sendo avaliada. Depois, nós vamos avaliar a oximetria, como está a oxigenação no sangue da pessoa, depois ele vai ser submetido a um questionário para avaliarmos se há alguma sintomatologia, já que nós sabemos que a Covid-19 tem sintomas diversos. Depois disso a pessoa vai estacionar em uma vaga própria para ela, já pré-estabelecida, cada um chegando em horários diferentes, para não haver aglomeração de pessoas, e passará por uma cabine de desinfecção. E, depois de todo esse procedimento, é que ele vai se dirigir à sua atividade, já vestido, não vai passar pelo vestiário, porque é um ambiente fechado e a gente vai evitar isso nesse momento. Também não vai fazer refeições no Clube, para diminuir ao máximo o contato e o número de pessoas envolvidas nessas atividades de avaliações.
 
DIVULGAÇÃO PERIÓDICA DAS AVALIAÇÕES
 
DR. MARCOS TEIXEIRA
Nós iremos manter o torcedor vascaíno sempre bem atualizado de todos os dados e estatísticas que nós vamos gerar através dos resultados. Nos próximos dias, nós vamos voltar mostrando para vocês as nossas avaliações e os novos dados que vamos obter ao longo dos dias.

MAIS NOTICIAS - CAMPEONATO CARIOCA