Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Libertadores

- Site oficial do Vasco |

Libertadores

Vasco desembarca em Buenos Aires para jogo com o Racing

Vasco desembarca em Buenos Aires para jogo com o Racing
Foto: Carlos Gregório Jr/Site oficial do Vasco

Motivado e acreditando na conquista do resultado positivo! Foi dessa forma que o Vasco desembarcou na noite desta terça-feira (17/04) no Aeroporto Ezeiza, em Buenos Aires. Em solo argentino, na próxima quinta (19), às 19h15 (de Brasília), o Almirante medirá força com o Racing pela 3ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores.

A partida é considerada de suma importância para o Gigante da Colina, que somou apenas um ponto nos dois primeiros jogos e ocupa a terceira colocação do Grupo 5 no torneio continental. Para obter o triunfo e manter vivo o sonho da conquista do Tri da América, o Cruzmaltino contará com a experiência de Erazo, que retorna ao time titular.

- O torcedor pode ter a certeza que viemos para ganhar o jogo. Não fizemos uma viagem longa para chegar aqui na Argentina e lutar para manter o zero a zero. Queremos a vitória, até porque precisamos recuperar os pontos que perdemos em casa para a Universidad de Chile. Um resultado positivo nos colocará numa posição muito privilegiada, então vamos procurar fazer uma grande partida, mas para isso será necessário jogar com inteligência. Sabemos da qualidade do adversário, assim como suas deficiências. Iremos procurar explorá-las - afirmou o camisa 3.
 
Por já ter tido a oportunidade de enfrentar o Racing em solo argentino, Erazo sabe que não é fácil derrotar o alviceleste no Estádio Presidente Perón. O equatoriano, entretanto, enalteceu a estratégia elaborada pela comissão técnica e afirmou que o triunfo tem tudo para ser obtido se ela conseguir ser bem executada pelo grupo.

- É sempre bom ganhar um jogo importante antes de uma partida da Libertadores. Chegamos aqui com muita confiança. Nosso pensamento, como disse, é ganhar, mas sabemos das dificuldades da partida. O Racing é sempre difícil de ser batido em seu estádio. Eu falo por experiência própria, pois já tive a chance de enfrentá-los lá - declarou Erazo, minimizando a sequência de quatro jogos sem vitórias do adversário.
 
Motivado e acreditando na conquista do resultado positivo! Foi dessa forma que o Vasco desembarcou na noite desta terça-feira (17/04) no Aeroporto Ezeiza, em Buenos Aires. Em solo argentino, na próxima quinta (19), às 19h15 (de Brasília), o Almirante medirá força com o Racing pela 3ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores.

A partida é considerada de suma importância para o Gigante da Colina, que somou apenas um ponto nos dois primeiros jogos e ocupa a terceira colocação do Grupo 5 no torneio continental. Para obter o triunfo e manter vivo o sonho da conquista do Tri da América, o Cruzmaltino contará com a experiência de Erazo, que retorna ao time titular.

- O torcedor pode ter a certeza que viemos para ganhar o jogo. Não fizemos uma viagem longa para chegar aqui na Argentina e lutar para manter o zero a zero. Queremos a vitória, até porque precisamos recuperar os pontos que perdemos em casa para a Universidad de Chile. Um resultado positivo nos colocará numa posição muito privilegiada, então vamos procurar fazer uma grande partida, mas para isso será necessário jogar com inteligência. Sabemos da qualidade do adversário, assim como suas deficiências. Iremos procurar explorá-las - afirmou o camisa 3.
 
Por já ter tido a oportunidade de enfrentar o Racing em solo argentino, Erazo sabe que não é fácil derrotar o alviceleste no Estádio Presidente Perón. O equatoriano, entretanto, enalteceu a estratégia elaborada pela comissão técnica e afirmou que o triunfo tem tudo para ser obtido se ela conseguir ser bem executada pelo grupo.

- É sempre bom ganhar um jogo importante antes de uma partida da Libertadores. Chegamos aqui com muita confiança. Nosso pensamento, como disse, é ganhar, mas sabemos das dificuldades da partida. O Racing é sempre difícil de ser batido em seu estádio. Eu falo por experiência própria, pois já tive a chance de enfrentá-los lá - declarou Erazo, minimizando a sequência de quatro jogos sem vitórias do adversário.

MAIS NOTICIAS - LIBERTADORES